« More Insights


Diário Oficial da União

Não houve publicações relevantes ao comércio exterior na data de hoje.

Notícias Referenciadas

Marcos Jorge e João Doria assinam cooperação técnica em exportações e investimentos
Fonte: MDIC

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, e o prefeito de São Paulo, João Doria, assinaram, hoje, Acordo de Cooperação Técnica que estabelece parceria entre o governo federal e a prefeitura para fomentar tanto as exportações quanto a atração de investimentos em serviços. Também participa da assinatura o presidente da SP Negócios, Juan Quirós. O órgão atua com foco nas empresas com atividade no município.

[Texto na íntegra] 

Comércio entre Brasil e Colômbia deve passar de US$ 4 bilhões no ano
Fonte: DCI

O comércio entre o Brasil e a Colômbia se acelerou no ano passado e com a entrada em vigor do Acordo de Complementação Econômica (ACE) 72 em dezembro de 2017, a tendência é que as trocas ultrapassem a cifra de US$ 4 bilhões ao final de 2018.

[Texto na íntegra] 

Brasil aguarda resposta dos EUA sobre diálogo em torno de sobretaxas ao aço
Fonte: Istoé

O Brasil aguarda resposta dos Estados Unidos sobre a abertura de um diálogo em torno das sobretaxas de 25% às importações de aço e de 10% às de alumínio. O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, enviou nesta semana uma carta ao representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, colocando-se à disposição para falar sobre o tema. O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, enviou carta ao secretário de Comércio, Wilbur Ross, com o mesmo propósito.

[Texto na íntegra] 

Levantaram a bola para o Brasil fazer gol, diz Steinbruch sobre aço
Fonte: DCI

O presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch, cobrou o governo brasileiro de tomar uma medida para proteger o mercado brasileiro de um eventual fluxo de entrada de produtos chineses – não só o aço – ao País. Segundo ele, o jogo comercial global foi alterado depois de que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou medida para sobretaxar o aço e alumínio importado.

[Texto na íntegra] 

EUA têm critérios para livrar países de sobretaxas e Brasil avalia opções
Fonte: Folha de S.Paulo

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, e o ministro do Desenvolvimento, Marcos Jorge de Lima, reúnem-se na manhã desta quarta-feira (14) para discutir formas de barganhar a exclusão do Brasil das novas tarifas americanas sobre aço e alumínio, que entram em vigor 23 de março. A presença do presidente Michel Temer não foi confirmada.

[Texto na íntegra] 

Artigos STTAS Brasil

Dia Mundial das Aduanas – A Receita Federal do Brasil e o alinhamento com as diretrizes da Organização Mundial das Aduanas

Em 26 de janeiro comemora-se o dia Mundial das Aduanas e, como de costume, a OMA (Organização Mundial das Aduanas) publica, neste dia, o lema central que deverá guiar as ações dos membros da Organização durante o Ano.

Neste ano, o lema é: “Um ambiente de negócios seguro para o desenvolvimento econômico”. Kunio Mikuriya, Secretário Geral da OMA, publicou hoje uma mensagem onde discorre sobre o tópico, destacando o papel crucial das aduanas para ajudar a definir as bases de um ambiente de negócios frutífero, uma vez que um fluxo de comércio previsível e fluído contribui para a atração dos investimentos, reforça a cooperação Internacional e possibilita o desenvolvimento justo e sustentável das nações.

Kunio Mikuriya destaca ainda que facilitação, segurança e comércio justo e sustentável são os elementos chave que embasarão este lema. A Receita Federal do Brasil (RFB), em linha com as diretrizes da OMA, publicou também em seu site na web, uma mensagem em que apoia o lema deste ano da Organização e destaca as ações promovidas no âmbito Brasileiro que corroboram o sentimento de alinhamento, bem como os resultados destas, os quais destacamos abaixo:

No que diz respeito ao quesito Segurança, a RFB destacou:
• A reorganização da área de vigilância e repressão aduaneira;
• O recorde de apreensão de mercadorias falsificadas, drogas e cigarros contrabandeados; e
• A implementação de sistema eletrônico de controle e de despacho aduaneiro de encomendas postais.

É notável o trabalho que a RFB, na função de administração aduaneira, vem desempenhando no quesito segurança. Com aproximadamente 16,8 mil quilômetros de fronteira seca e 7,3 mil quilômetros de fronteira marítima, é desafiador garantir a proteção nacional contra todos os males aos quais o país está suscetível, para além do dano ao erário, mas também à proteção da sociedade. Para isso, a RFB conta com a ajuda da Polícia Federal, do Exército e da Guarda Costeira para patrulhar e, se necessário, interceptar possíveis ameaças que possam cruzar nossas fronteiras.

[Texto na Íntegra]